segunda-feira, 24 de agosto de 2009

A Igreja que Abre os Céus


Mt 3:13-17
1- A Cruz o Caminho que abriu os Céus para Jesus

A lei do universo é a lei da Cruz


Auto-sacrifício é o fundamento sobre o qual o universo foi construído e a lei pela qual ele opera. Se o sacrifício não fosse à suprema lei do universo, operaria Deus, o Supremo Governante do universo, segundo esse princípio?

Satanás ofereceu a Cristo uma conquista sem cruz
Várias vezes na vida e ministério de nosso Senhor, Satanás ofereceu-lhe um caminho fácil para a suprema­cia, ou para o poder, sem a cruz. Mas tantas vezes quantas foram às ofertas, foram também às recusas.

Jesus, deliberadamente, escolheu a cruz. A tentação e a oportunidade de escapar da cruz foram uma constante em sua carreira. Mas ele permaneceu resoluto em sua missão e finalmente precipitou sua própria morte.

- Tentação 1
Logo no começo de seu ministério, Jesus defrontou-se com esta alternativa. "Dar-te-ei toda esta autoridade e a glória destes reinos, se prostrado me adorares..." Estava aí a oferta de uma conquista sem morte, de uma coroa sem cruz. Em verdade, toda a força da tentação jaz na perspectiva de poder sem sofrimento, de elevação sem humilhação.

- Tentação 2
A mesma alternativa foi apresentada a Jesus na visita dos gregos que disseram a um dos discípulos: "Quere­mos ver a Jesus." Pensam alguns que os gregos tencio­navam pedir a Jesus que fosse para o país deles, onde poderia continuar a obra em segurança, livre da ameaça de morte. Mas Jesus enfrentou esse convite com palavras:
"Se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, produz muito fruto."
Cristo sabia que devia morrer antes de alcançar o mundo pagão; assim, recusou-se a tomar o atalho.
- Tentação 3




Pela terceira vez ele enfrentou esta tentação, quando estavam a caminho de Jerusalém, perto do fim de seu ministério. Jesus disse aos discípulos que em Jerusalém ele seria escarnecido, cuspido, rejeitado e crucificado pelos principais sacerdotes e escribas.

Para a mente carnal de Pedro isto seria uma tragédia e resultaria na anulação de todo o seu ministério; para não mencionar a frustração da ambição de Pedro de tomar-se uma força no reino temporal. Portanto, ele levou Jesus para um lado e começou a reprová-Io, dizendo: "Isso de modo algum te acontecerá." De novo Jesus resistiu à tentação, dizendo a Pedro: "Arreda! Satanás."

- Tentação 4
Uma vez mais, na agonia da crucifixão, nos estertores da morte, nos últimos momen­tos da dor agonizante, a tentação reaparece: "Se és Filho de Deus, desce da cruz!"
Jesus poderia ter descido da cruz. A tentação de salvar-se a si mesmo e de evitar a cruz foi agudíssima na hora em que ele tragava o amargo cálice do Calvário. Com os pulsos acelerados e a febre assolando, com cada nervo e músculo uma agonia de dor, com o senso de abandono a esmagá-la, veio com terrível força o escárnio: "Se és Filho de Deus, desce da cruz!"

Desceria ele? Aceitaria ele o desafio de salvar-se?
Recusaria ele, finalmente, a cruz? Está em jogo o trono do universo. Se ele descer da cruz, perderá o trono. Por estranho que pareça, aqui é onde Satanás foi afinal derrotado, completamente perdido, e destituído de sua autoridade.
"O trono do mundo é uma cruz. Cristo reina do madeiro." Pelo fato de ter ido à cruz, hoje Cristo reina supremo no universo.

2- A Cruz é o Único Caminho que Abrirá os Céus para Igreja
Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me. Mt 16:24
Mediante o Calvário Deus está a dizer-nos "Este é o trono do universo, não somente para Cristo; é o único caminho do poder, da autoridade e do governo para todos." Lembrai-vos amados, de que não há um caminho para ele e outro para nós. Ensinar que há dois caminhos é uma fraude satânica.


Satanás desafiou este princípio e perdeu. Em todas as circunstâncias da vida e prática diárias, Deus está dando a cada um de nós a escolha de atuar com base neste princípio em preparação para o governo eterno ou, descer da cruz com o fim de salvar o eu, perdendo dessa maneira a coroa. As únicas pessoas que têm verdadeira autoridade sobre Satanás são as que decidem permane­cer na cruz, permitindo que ela as liberte de toda a busca, serviço e promoção do ego.

3- A Cruz é o Caminho para gerar vidas
E do modo por que Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do Homem seja levantado (Jo 3:14).
E eu, quando for levantado da terra, atrairei todos a mim mesmo.Isto dizia, significando de que gênero de morte estava para morrer. (Jo 12:32-33)
Ser levantado significa ir para a cruz. Muitos líderes desejam ser mais carismáticos para poderem atrair as pessoas ao redor. Para isso usam de todo tipo de estratégia e convencimento, mas Jesus nos mostra que quando tomamos a cruz naturalmente atraímos as pessoas para perto de nós.

Aqueles que se recusam a morrer estão destinados a ficarem sozinhos. Se desejamos que muitos estejam ao nosso lado precisamos morrer para gera-los em Deus. É por isso que dizemos que o segredo da frutificação está na cruz. Muito mais que uma questão de métodos e estratégias é uma questão de morte.

4Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, produz muito fruto.(Jo 12:24).
Na obra de Deus assim como na natureza não podemos esperar frutos de uma semente que ainda não morreu. É quando morremos que produzimos frutos.
Isso pode parecer loucura para uma pessoa natural, mas o fato é que para Deus para que a vida Dele se manifeste tem que a ver morte e morte de cruz.
Paulo compreendeu bem este principio quando declara
Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, poder de Deus (1Co 1:18).
Estamos acostumados com a filosofia que herói é aquele que ganha. Mas nas palavras de Jesus o herói é aquele que perde.
25Quem ama a sua vida perde-a; mas aquele que odeia a sua vida neste mundo preservá-la-á para a vida eterna. (Jo 12:24-25)
Na matemática de Deus é assim ela é invertida, pois o vencedor é aquele que todos pensam que foi o perdedor. Por isso voce quer ser vencedor? Então comece a perder.
Paulo compreendeu bem o Principio da Cruz
Mas o que, para mim, era lucro, isto considerei perda por causa de Cristo. 8Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo (Fp 3:7-8)
Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados;
9perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos; 10levando sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também a sua vida se manifeste em nosso corpo.
11Porque nós, que vivemos, somos sempre entregues à morte por causa de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste em nossa carne mortal.
- Certa vez um homem de Deus disse: “Se voce passar por minha vida e continuar sendo a mesma pessoa, eu não sou um canal de Deus”. O segredo da multiplicação é a cruz



Exemplos práticos do princípio da cruz
Mas o que significa tomar a cruz de forma prática? Com relação a Deus tomar a cruz é obedecer completamente, é não se poupar e ou se preservar em sua obra.
Com relação aos irmão tomar a cruz é não se agradar em nada, mas buscar o interesse de nossos irmãos naquilo que é bom para edificação.
Não agradar-nos a nós mesmos
Ora, nós que somos fortes devemos suportar as debilidades dos fracos e não agradar-nos a nós mesmos. Portanto, cada um de nós agrade ao próximo no que é bom para edificação. Rm. 15:1-2
Acolher os irmãos
Portanto, acolhei-vos uns aos outros, como também Cristo nos acolheu para a glória de Deus. Rm. 15:7
Sofrer o dano
O só existir entre vós demandas já é completa derrota para vós outros. Por que não sofreis, antes, a injustiça? Por que não sofreis, antes, o dano? I Cor. 6:7
Buscar o interesse do outro
Assim como também eu procuro, em tudo, ser agradável a todos, não buscando o meu próprio interesse, mas o de muitos, para que sejam salvos. I Cor. 10:33
Uma pessoa que não busca o interesse próprio, que está interessada em buscar o melhor para os outros, que sofre o dano e não se preserva para servir terá sempre muitos ao seu redor.

3. A cruz é para gerar vida
Finalmente descobrimos porque a cruz atrai as pessoas: é porque a cruz é uma lugar para gerar vida. As pessoas estão buscando vida, elas sempre irão onde houver vida fluindo. Se há vida em nossos cultos e em nossas células então as pessoas estarão lá para serem supridas.
Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós. Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados; perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos; levando sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também a sua vida se manifeste em nosso corpo. Porque nós, que vivemos, somos sempre entregues à morte por causa de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste em nossa carne mortal. De modo que, em nós, opera a morte, mas, em vós, a vida. II Cor. 4:7-14
Permita que a morte opere em você para a vida se manifeste entre os irmãos. Agindo assim você verá a o segredo genuíno de uma multiplicação verdadeira
Ilus. O Casal que ganhou outro casal por causa da persistência

4- A Cruz é o Único Caminho para a Recompensa
Olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus
Nosso destino indubitavelmente é o trono. Deus tem um trono preparado para cada um de nós.
21Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono. 22Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.
Neste verso Jesus diz para a igreja de Laodicéia que Ele venceu e que sentou com seu Pai no trono. E Ele também faz uma promessa para a sua igreja:
21Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono.
Deus.
Quando Jesus deu o brado da vitória “Esta Consumado” o véu do templo foi rasgado. Isso significa que através da cruz Deus abriu os céus para a humanidade. Desde aquela tarde os portões celestiais estão abertos a nossa espera.
Há um trono e um lugar de glória esperando por voce. Mas no meio do caminho, há uma cruz! E Ninguém poderá chegar ao trono se primeiro não passar pela cruz.
Portanto, não fuja da cruz e deixe-a atuar em voce porquanto assim como da cruz Jesus foi para o trono, assim acontecerá conosco.
Primeiro nosso destino é a cruz para que o nosso destino seja o trono.

Nenhum comentário:

Postar um comentário