sábado, 31 de julho de 2010

Relacionamento a Maneira de Deus (Côrte).

O que queremos num cônjuge geralmente é diferente do
que Deus diz que importa. Não pela sua aparência ou personalidade,
mas pelo seu caráter.
Por que isto é tão importante? Porque aqueles que escolhem
um cônjuge baseados em preocupações externas e mutáveis
sempre experimentam a dor. O livro de Provérbios é recheado
de avisos de como um casamento pode ser ruim.


- Alertas sobre o homem
Provérbios 20.4 “O lavrador preguiçoso, que não ara as suas terras
no tempo certo, não terá nada para colher”.
Provérbios 13:16 “O homem sensato sempre pensa antes de agir,
mas o tolo anuncia a sua ignorância”.

- Alertas sobre a mulher
Provérbios 12.4 “A mulher exemplar é a coroa do seu marido, mas
a de comportamento vergonhoso é como câncer em seus ossos”
Provérbios 21:9 “É melhor morar no fundo do quintal do que
dentro de casa com uma mulher briguenta”.
Provérbios 21:19 “É melhor morar no deserto do que com uma mulher
que vive resmungando e se queixando”.

Nós precisamos ter certeza de não deixarmos nossas noções
românticas e tolas nos levarem a casar com uma pessoa que não
possui um caráter santo.

Chegou o momento que essa é uma realidade e se Deus traz
a pessoa certa na sua vida, você estará em condição de fazer
algo.
Mas será que o fato de eu já poder me casar significa que
deva ter prioridade em buscar alguém? Será que devo agir como
se fosse me casar agora ou como se nunca fosse me casar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário