sábado, 31 de julho de 2010

Será pecado casar fora da minha fé?


Pergunta: Ando a sair com alguém que não é da minha religião, e apesar de não estarmos a ter um relacionamento suficientemente sério para que seja um problema neste momento, sei que tal pode vir a ser no futuro. Seria pecado eu casar com um marido que não é da minha fé? – A.L.


Resposta: Permita-me que lhe coloque uma questão: Quão seriamente toma a peito a sua religião? É principalmente uma tradição que herdou dos seus pais – algo em que não tenha pensado muito a sério? Ou talvez seja simplesmente uma crença fortuita que realmente não afecta o seu modo de viver?


Se sim, a minha oração é que pare e se questione quanto ao lugar que Deus deve ter na sua vida. Se Ele a criou (e criou-a) … se Ele enviou o Seu único Filho ao mundo para morrer por si (e enviou) … se Ele a ama e quer que passe a eternidade com Ele no Céu (e ama e quer) – então não acha que Ele merece tornar-se no centro da sua vida? Sim, é claro que Ele merece.

Permita-me que apresente o caso de outra forma: O maior pecado que alguém alguma vez pode cometer é o pecado de ignorar Deus – actuar como se Ele não seja importante, ou tratar a Sua vontade para as nossas vidas com desprezo. É com este pecado que se deve preocupar, mais do que com qualquer outra coisa, pois este é o pecado que a separará de Deus para sempre.

Mas isso não tem necessidade de ser assim! Deus ama-a; Ele ama-a com um amor tão profundo que quis que o Seu Filho morresse por si. A decisão mais importante que alguma vez fará é a sua decisão por Cristo – e eu oro para que tome essa decisão hoje. Depois não fique satisfeita com algo menos do que a vontade de Deus em relação ao seu futuro esposo – um marido que ame Cristo e O queira servir acima de tudo o mais.


- Billy Graham

Nenhum comentário:

Postar um comentário