segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

O verdadeiro significado do Natal

     “Porque um menino nos nasceu … e o Seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus forte, Pai da eternidade, Príncipe da paz” – Isaías 9:6.
     Para os Cristãos, a alegria do Natal não se limita ao Seu nascimento. Está até mais edificada sobre o triunfo da Sua morte e ressurreição - que deu significado ao Seu nascimento. O misterioso espírito de generosidade que possuímos no Natal, é a refulgência do Calvário. O facto da cruz ilumina este dia e santifica-o. Ao trocarmos presentes, lembremo-nos que eles são simbólicos do dom inefável do amor de Deus.

     Eu penso que os Cristãos não devem dar presentes caros. Os presentes devem ser pequenos e simples, e como expressão do nosso amor e afecto pelos destinatários. Os presentes devem ser simbólicos do dom do amor de Deus. Quanto dinheiro poderia ser poupado e investido no Reino de Deus por milhares de famílias Cristãs todos os anos se o verdadeiro significado do Natal fosse observado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário