segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Personagens do Mover de Deus

A sua atitude é chave para receber de Deus.
Há uma maneira diferente de como Deus faz e como o diabo faz, para o diabo fazer algo você tem que ficar passivo.
-Então toda religião oriental, todo esse pessoal que mexe com espiritualismo, se você for lá na reunião deles ele fala o que pra você? “fica quieto, não pensa em nada, se solta”. Para diabo agir você tem que ficar passivo.
-Mas eu vou te dizer, a maneira como Deu faz é exatamente o contrario, se você ficasse esperando olhando para tempo nada vai acontecer, mas se você se levantar e disser, “eu vou receber de Deus hoje, se tiver que pular eu pulo, se tiver que berrar eu berro, se tiver que perder a Voz hoje… eu vou perder mas eu vou tocar no Senhor hoje!

É totalmente diferente, para que Deus possa agir você tem que cooperar.
É por isso que Jesus vinha andando e havia uma multidão pegando Nele, mas teve uma mulher que tocou Nele de uma maneira diferente, e saiu virtude Dele. Porque Jesus é o mesmo, o que faz diferença é você.
O mundo ainda não conheceu o que Deus é Capaz de Fazer através de um homem inteiramente entregue a Ele…

2 Samuel 6
1Tornou Davi a ajuntar todos os escolhidos de Israel, em número de trinta mil.
2Dispôs-se e, com todo o povo que tinha consigo, partiu para Baalá de Judá, para levarem de lá para cima a arca de Deus, sobre a qual se invoca o Nome, o nome do Senhor dos Exércitos, que se assenta acima dos querubins. 3Puseram a arca de Deus num carro novo e a levaram da casa de Abinadabe, que estava no outeiro; e Uzá e Aiô, filhos de Abinadabe, guiavam o carro novo.
4Levaram-no com a arca de Deus, da casa de Abinadabe, que estava no outeiro (Morro); e Aiô ia adiante da arca.
5Davi e toda a casa de Israel alegravam-se perante o Senhor, com toda sorte de instrumentos de pau de faia, com harpas, com saltérios, com tamboris, com pandeiros e com címbalos.
6Quando chegaram à eira de Nacom, estendeu Uzá a mão à arca de Deus e a segurou, porque os bois tropeçaram.
7Então, a ira do Senhor se acendeu contra Uzá, e Deus o feriu ali por esta irreverência; e morreu ali junto à arca de Deus.
8Desgostou-se Davi, porque o Senhor irrompera contra Uzá; e chamou aquele lugar Perez-Uzá, até ao dia de hoje.
9Temeu Davi ao Senhor, naquele dia, e disse: Como virá a mim a arca do Senhor?
10Não quis Davi retirar para junto de si a arca do Senhor, para a Cidade de Davi; mas a fez levar à casa de Obede-Edom, o geteu.
11Ficou a arca do Senhor em casa de Obede-Edom, o geteu, três meses; e o Senhor o abençoou e a toda a sua casa.
12Então, avisaram a Davi, dizendo: O Senhor abençoou a casa de Obede-Edom e tudo quanto tem, por amor da arca de Deus; foi, pois, Davi e, com alegria, fez subir a arca de Deus da casa de Obede-Edom, à Cidade de Davi. 13Sucedeu que, quando os que levavam a arca do Senhor tinham dado seis passos, sacrificava ele bois e carneiros cevados.
14Davi dançava com todas as suas forças diante do Senhor; e estava cingido de uma estola sacerdotal de linho.
15Assim, Davi, com todo o Israel, fez subir a arca do Senhor, com júbilo e ao som de trombetas.
16Ao entrar a arca do Senhor na Cidade de Davi, Mical, filha de Saul, estava olhando pela janela e, vendo ao rei Davi, que ia saltando e dançando diante do Senhor, o desprezou no seu coração.
17Introduziram a arca do Senhor e puseram-na no seu lugar, na tenda que lhe armara Davi; e este trouxe holocaustos e ofertas pacíficas perante o Senhor.
18Tendo Davi trazido holocaustos e ofertas pacíficas, abençoou o povo em nome do Senhor dos Exércitos.
19E repartiu a todo o povo e a toda a multidão de Israel, tanto homens como mulheres, a cada um, um bolo de pão, um bom pedaço de carne e passas. Então, se retirou todo o povo, cada um para sua casa.
Mical repreendida por Davi
20Voltando Davi para abençoar a sua casa, Mical, filha de Saul, saiu a encontrar-se com ele e lhe disse: Que bela figura fez o rei de Israel, descobrindo-se, hoje, aos olhos das servas de seus servos, como, sem pejo, se descobre um vadio qualquer!
21Disse, porém, Davi a Mical: Perante o Senhor, que me escolheu a mim antes do que a teu pai e a toda a sua casa, mandando-me que fosse chefe sobre o povo do Senhor, sobre Israel, perante o Senhor me tenho alegrado. 22Ainda mais desprezível me farei e me humilharei aos meus olhos; quanto às servas, de quem falaste, delas serei honrado.
23Mical, filha de Saul, não teve filhos, até ao dia da sua morte.

A Arca da Aliança simboliza a presença manifesta de Deus.

Salmos 139
8Se subo aos céus, lá estás; se faço a minha cama no mais profundo abismo, lá estás também;
9se tomo as asas da alvorada me detenho nos confins dos mares,
10ainda lá me haverá de guiar a tua mão, a tua destra me susterá.
Salmos 23:4
Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam.

O Senhor é onipresente Ele está em todo lugar, mas existe outro aspecto da presença de Deus, é a sua presença manifesta.
É quando Deus está presente e as pessoas percebem essa Presença. Quando o Senhor se faz presente e essa presença vem trazendo Glória.
A Bíblia fala que a Arca simboliza essa presença, a presença manifesta de  Deus.

Hoje semelhante a Davi, estamos reunidos com um Grande desejo de ter a Glória de Deus sobre as nossas Vidas.
Davi reuniu todo o seu exército para Trazer a Glória de Deus… Foi um Dia de Mover de Deus… Hoje será um dia de Mover de Deus.

Nesse capitulo 6 nós temos 4 pessoas especiais, essas pessoas especiais, elas nos falam de Tipos e Atitudes que podemos ter aqui, nos temos:
-Uzá
-Obede Edom
-Mical
-Davi.

O que significa cada um desses personagens, e o que eles têm haver comigo e com você? Muito, porque a presença de Deus é a mesma, mas ela pode ter efeitos diferentes em cada um de nós.

1º Uzá:

A palavra de Deus diz que Davi querendo trazer a Arca, ele mandou buscar a Arca que estava na casa de Abnadabe.

-Antes de Saul tornar-se Rei, os filisteus tomaram a Arca, ela foi levada pra cidade dos filisteus, a bíblia fala que os filisteus colocaram a arca lá no templo do seus deus chamado Dagom, no outro dia quando eles chegaram lá, Dagom estava caído diante da Arca, eles entaram levantaram Dagom e o colocaram lá, no outro dia eles chegaram e Dagom estava caído (Agora com os Braços e Pernas quebrados) indicando que Diante de Deus todo poder do Inferno é destruído e Quebrado.
-Apareceu uma Praga/Doença no meio deles (provavelmente Imorróida em todos), eles não tinham certeza se aquilo via de Deus. Então fizeram um Carro de Boi, pegaram duas vacas que tinham cria (Bezerro), colocaram a Arca em cima daquele “Carro de Boi” e fizeram um teste: se elas irem caminhando para Israel (elas tinham Bezerro / vaca não afasta do Bezerro) vamos saber que foi Deus que fez isso, se não, foi só uma conhecidencia. Então as vacas foram berrando e andando rumo a Israel (souberam então que era a Mão de Deus sobre eles).
-Então os Israelitas vendo a Arca chegando em um Carro de Boi (falavam que Deus havia feito uma Grande obra, um Grande Sinal no meio dos inimigos).
Nos dias de Saul, ninguem se importava com a Arca, ninguem se importava com a Glória de Deus. (Cidade Eliate Gearim / depois para casa de Abinadabe)

Davi então quis trazer a Arca. Pois, nos dias de Saul ninguem se importou com Ela. Eles se importavam com muitas coisas, mas não com a Presença de Deus.
Porem Davi disse: Eu quero a Presença de Deus.
Só que Davi quis usar a mesma forma que os filisteus…
4Levaram-no com a arca de Deus, da casa de Abinadabe, que estava no outeiro (Morro); e Aiô ia adiante da arca.
Vinte anos a Arca ficou na Casa de Abinadabe
6Quando chegaram à eira de Nacom, estendeu Uzá a mão à arca de Deus e a segurou, porque os bois tropeçaram.
7Então, a ira do Senhor se acendeu contra Uzá, e Deus o feriu ali por esta irreverência; e morreu ali junto à arca de Deus.
Primeira pessoas pessoa  que está nesta Reunião do Mover de Deus é Uzá (não teve uma experiencia muito gostosa). Não caiu no poder, não sentiu calafriu, não Chorou, ou recebeu a Unção do Riso… Pelo contrário, Uzá caiu Morto.
O que era para ser Glória se transformou em morte.

Pelo menos 4 Coisas havia na vida de Uzá que resultou em sua morte.
Você não pensa, que a disposição de Uzá de amparar a Arca para que ela não caísse foi uma postura louvável?
Talvez devêssemos até agradecê-lo por esse ato voluntário, afinal, o que ele fez não foi uma grande obra? Por que, então, Deus se irou contra ele? (2Sm 6.6-7)
a) Cuidado com a familiaridade com as coisas espirituais

Uzá era filho de Abinadabe, cuja casa havia abrigado a Arca por 20 anos. Uzá certamente tinha crescido na presença da Arca, pois ela era um dos muitos móveis de sua casa. Porém, essa familiaridade foi fatal, pois ele já não via a Arca como algo sagrado, mas como uma peça de mobília.


A Arca ficou 20 anos em sua Casa, quando Davi falou vamos trazer a Arca porque Ela é muito especial… provavelmente Uzá disse a Aiô, nossa mais o que tem de tão especial??? Está a 20 anos na nossa casa. E Uzá foi então carregando a arca. Quando o Boi tropessou e Ela foi cair ele instantaneamente foi pegá-la… Ele não podia tocar na Arca, não era Levita…
Uzá é alguem que não recebe Vida. Apesar de estar do lado da Arca, não recebe vida, está cheio de morte… Acostumado com Deus…
Uzá pode estar aqui, dizendo!!! Ahhh… a história é a mesma, louvor, oferta, uma Palavra motivante e depois vamos embora. Filho de crente, já acostumou com tudo: Culto, Ceia, Encontro, Célula… Tudo é parecido e conhecido…
Uma das coisas mais perigósas da Vida é se acostumar com as Coisas de Deus.
Ex.: Dizem os intendidos da área que: Pessoas que trabalham com Energia “Alta tensão”, não podem trabalhar mais de 2 meses no mesmo lugar. Tem que ter um rodízio constante. Pois existem lugares que eles andam que precisam de equipamentos especiais, não podem enconstar em nada… precisam seguir “Rituais”, se esquecerem perdem sua Vida. Tem que fazer rodizio porque todo vão se acostumando.
Não vou receber nada se minha postura for de Uzá… Acostumado com tudo, familiarizado… começa de novo hoje… renova o que parecia antigo na Sua Vida… Deus quer hoje te dar Vida.
b) O mover de Deus não tolera a religiosidadeO que realmente matou Uzá foi a religiosidade.
Religioso é aquele que está acostumado com aquilo que é sagrado. Religioso se torna Irreverente.
Uma pessoa que não está habituada com a presença de Deus “não Crente”, quando chega em um ambiente onde o Povo de Deus está caido e recebendo, sua postura é de respeito. Algumas pessoas tem medo…
Mais o Religioso é irreverente… faz comentários, brincadeiras…
Ireverencia gera: Comodismo, banalização e imprudência (Jr 48.10).
Nada mais te toca, nada mais te mobiliza… Nada Mais meche com você…
c) Não tente segurar aquilo que precisa cairUzá estava tentando segurar uma coisa que precisava cair… Para o bem de Davi a Arca deveria cair… ele estava fazendo a coisa errada…
É importante o que faz, como faz e o porque faz…
Davi estava fazendo a coisa certa, com a motivação certa… mais da forma errada… não se faz com carro de Boi… é estratégia filistéia, mundana…\
Boi fala de carne tentando fazer a “Coisa do Espírito”… Célula sendo feita com estratégia da carne, tem que Cair. Para o bem de davi… Para que ele tenha Temor…
As vezes tentamos segurar coisas que precisam cair…
d) Deus quer pessoas que obedeçam às Suas ordens e não que O ajudem em Sua ObraDeus não precisa de ajudantes. Ele busca servos que O obedeçam.
Deus não precisa de Ajudantes. De ninguem para segurar a Obra Dele. Deus não precisa de ninguem para fazer o que acha melhor…
O voluntário pensa que o trabalho é o mais importante, mas Deus diz que o mais importante é a obediência. Nosso trabalho para Deus deve ser fruto de nossa obediência ao seu chamado.


Se você está acostumado com tudo aqui, se a Arca já está a 20 anos no seu cotidiano… não perca essa oportunidade de hoje… Abra mão…
2. Obede-Edom
Obede = Significa servo.

10Não quis Davi retirar para junto de si a arca do Senhor, para a Cidade de Davi; mas a fez levar à casa de Obede-Edom, o geteu.
11Ficou a arca do Senhor em casa de Obede-Edom, o geteu, três meses; e o Senhor o abençoou e a toda a sua casa.
Ele, a mulher… todos foram abençoados
Deus quer abençoar a todos aqui neste dia e neste lugar.

Uns são irreverentes, não ligam… outros valorizam.
A Arca focou 20 anos na casa de Uzá e a Bíblia não que aconteceu alguma coisas, porem 3 meses na Casa de Obede-Edom e fez toda a diferença. Deus abençoou grandemente.
Para Abinadabe era apenas um Cachote, para Obede-Edom, simbolo da Glória de Deus.
A Arca era símbolo da presença manifesta de Deus no meio do seu povo, mas quem teria coragem de levar para dentro de casa algo que se mostrou tão perigoso? Um homem se dispôs a fazer isso. Seu nome era Obede-Edom. Ele recebeu a Arca em sua casa e, por causa disso, ele, sua família e tudo o que possuía receberam a benção de Deus.
a) As coisas de Deus nunca são neutras

A primeira coisa que
precisamos entender é que as coisas de Deus nunca são neutras. Por que a Arca foi maldição para Davi e seus soldados e, no entanto, foi benção para Obede-Edom? O que determina se algo de Deus será benção ou maldição é a nossa atitude de obediência e fé.
-Jesus disse que Ele seria pedra de edificação para a Igreja, mas pedra de tropeço para o mundo. Para Uzá foi morte ter a Arca, mas para Obede-Edom foi benção.

-O sol é o mesmo, mas ao incidir sobre o barro, faz com que ele endureça, ao contrário da cera, que derrete ao ser exposta a ele. Somos barro ou cera? O problema está em nós, não no sol da presença de Deus.

Uzá simboliza a força humana, a irreverência e a atitude contrária à Palavra de Deus. Obede-Edom simboliza o sacedórcio (2Cr 26.1-4) e aquele que deseja a Deus e não teme coisa alguma.

Lembre-se de que ele se dispôs a receber a Arca depois da morte do soldado.

b) Obede-Edom recebeu a Arca correndo riscos

Sempre há
muitas desculpas para não servir a Deus. Uns poderiam dizer que?
-Tenho filhos pequenos que podem tocar na Arca
-Sou sonâmbulo e poderiam tocar na Arca dormindo.
Obede-Edom, porém, não se importou com as dificuldades e cuidados que deveria ter, mas se abriu para o desafio do rei.
Davi proclamou: “Quem pode receber a Arca em sua casa?” E eu lhe pergunto: depois de ver aquele soldado morrer ao tocar na Arca, você se disporia a recebê-la em sua casa?
c) Ele honrou o Senhor ao ter a Arca em casa
Certamente
, toda a rotina da família teve que ser alterada.
A Arca agora estava em sua casa. Em primeiro lugar, Obede-Edom recebeu a Arca como quem recebe o próprio Senhor.
Jesus disse que “quem recebe um profeta, no caráter de profeta, receberá o galardão de profeta, quem recebe um justo, no caráter de justo, receberá o galardão de justo” (Mt 10.41).
Não se diz que Abinadabe foi abençoado por receber a Arca, mas Obede-Edom recebeu benção. A diferença certamente foi a forma como cada um recebeu a Arca do Senhor. d) Ele podia receber a Arca porque era um levita
Somente os levitas poderiam carregar a Arca
. Obede-Edom recebeu a Arca porque era um levita, tinha essa incumbência ou ministério (1Cr 26.1-4). Somente aqueles que compreendem que são levitas podem receber a Arca.quem sabe que é sacerdócio real desfruta da benção da presença de Deus.
3. Mical

a)  Cuidado quando a forma é mais importante que o conteúdo
-Mical estava interessada em se apresentar diante do povo, mas Davi queria se apresentar diante de Deus.
-Mical aponta para aqueles que dizem: “Não precisamos disso tudo para adorar a Deus”. Ela amava o rei, não o marido; amava a glória, não a humildade; amava o senhor, mas não o servo.
-Mical simboliza quem ou aquilo que reprime e intimida sua adoração.
b) Não podemos receber o que não honramos

-Mical desprezou Davi e não o honrou diante do povo. A unção que honramos é a unção a que servimos.

-Mical poderia ter ido com Davi à casa de Obede-Edom para buscar a Arca, poderia ter pegado um pandeiro e celebrado. Mas ela não queria servir.

A unção que honramos, nós abençoamos. Davi queria abençoar Mical, mas não foi possível. Você não tem o que você não abençoa.

Portanto, você não terá daquilo que você despreza e critica!


A natureza orgulhosa gosta de criticar, zombar, escarnecer, falar mal e desprezar o dom que há nos outros.
E enquanto vivermos assim, perderemos muito, pois nos tornamos incapazes de receber o que o outro pode acrescentar à nossa vida.
A desonra é fruto do orgulho. Toda pessoa que desonra, no fundo, se acha melhor, mais importante e tenta desqualificar os outros.
c) Só há fertilidade no mover de Deus
Deus não quer que você seja estéril, Ele o criou para produzir frutos, vidas para Ele. Pois “nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto...” (Jo 15.8).

Desprezar a presença da Arca traz morte para uns e esterilidade para outros. Mical nunca teve filhos.
4. Davi
A Palavra de Deus diz que o Senhor restaurará o Tabernáculo de Davi (At 15.16; Am 9.11).

Mas, por que Deus deseja reconstruir o tabernáculo de Davi? Por que ele não diz que vai restaurar o tabernáculo de Moisés? Afinal, foi o primeiro lugar sagrado construído por homens. Ou, por que Deus não quer reconstruir o templo de Salomão com a toda a sua glória e esplendor? Em vez disso, temos a promessa de que o tabernáculo de Davi será restaurado.


-O tabernáculo de Davi era um símbolo da Igreja no Velho Testamento. Ele foi fruto de paixão e profundo desejo pela presença de Deus.
O fato é que Deus procura paixão e não palácios.
a) A busca da intimidade traz a benção, mas buscar a benção não resulta em intimidade (1Cr 13.1-4)

Davi não estava atrás do Ouro ou da Vitória sobre seus inimigos. Ele estava buscando a chama da Glória de Deus.
b) Sinceridade apenas não substitui a verdadeira espiritualidade

Davi sinceramente desejava trazer a Arca do Senhor para Jerusalém, mas ele tentou por meios naturais e até mundanos. O carro de boi foi o método usado pelos filisteus como vemos em 1 Samuel 6.
c) Quando buscamos a glória de Deus, precisamos de persistência

O fato de Davi colocar a Arca numa carroça era, em primeiro lugar, uma questão de:

1)  Métodos humanos.
2)  mas também de comodidade e menor esforço.
No caminho de aproximadamente 20 km, eles sacrificavam a cada seis passos. Uma verdade da vida é que o suor atribui valor. Quanto mais suado, mais valor. É por isso que o dízimo e a oferta são uma forma de adoração, pois damos algo a que atribuímos valor pelo nosso trabalho.
d) Construa um trono para sustentar a glória de Deus
Davi fez duas coisas:

1)  Construiu um tabernáculo sem véu para abrigar a presença de Deus.
2)  construiu um trono de louvor e adoração contínua ao Senhor.
Não temos o direito de pedir o Fogo do Céu se não somos a Sarça para sustentá-lo.
e) Não tenha receio de sair do padrão da religião
Religião é ritual sem a presença de Deus.

-O tabernáculo estava em Siló e depois em Gibeon, mas a Arca da Aliança não estava lá e os sacrifícios eram feitos cotidianamente sem a presença de Deus.
Davi não renegou os rituais, apenas foi atrás da presença de Deus.

-No tabernáculo de Moisés não havia música, só rituais. Apenas o sumo-sacerdote tinha acesso ao santo dos santos, onde ficava diante da Arca e o culto era solene e esplendoroso.

-O tabernáculo de Davi, por outro lado, tinha música e o único ritual era a adoração; todos ministravam diante da Arca e não tinha aparência alguma .
f) Não se pode preservar a dignidade e buscar a divindade ( 2 Sm 6.16)

Mical destacou a dignidade mais do que a divindade. Por isso, a maldição da aridez e da esterilidade foi colocada sobre ela e está sobre todos os que se preocupam mais com os homens do que em agradar a Deus.

Encontros íntimos com Deus às vezes são embaraçosos na vida do homem. O exemplo de Bartimeu nos mostra isso: as pessoas diziam que ele estava incomodando, mas ele continuou gritando (Mc 10.48).

Precisamos ser como crianças para entrar no reino, e elas se expressam livremente. Portanto, atraia a atenção de Deus e ignore a reprovação do homem.g) A glória é para aqueles que cultivam uma sede insaciável por Deus
Davi clamou: “Como trarei a mim a Arca do Senhor!” O exemplo das casas antigas com uma pêra como acendedor.

Estamos tentando achar o interruptor que Acende a Luz da Glória de Deus. A prata é a última mistura a sair do ouro depurado.
O bom é inimigo do ótimo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário